14 August, 2018

CNC sedia primeira reunião patronal sobre agentes cancerígenos no trabalho

CNC sedia primeira reunião patronal sobre agentes cancerígenos no trabalho

Crédito: Celso Chagas

CNC sedia primeira reunião patronal sobre agentes cancerígenos no trabalho

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) sediou, dia 10 de agosto, no Rio de Janeiro, a primeira reunião da bancada patronal do Grupo de Estudos Tripartite (GET), do Ministério do Trabalho, sobre agentes cancerígenos e sua relação com a Saúde do Trabalhador. 

O GET foi constituído pela Portaria nº 741, publicada dia 31 de julho no Diário Oficial da União, e é composto por representantes do governo, do empresariado e dos trabalhadores, com o objetivo de coletar posicionamentos e sugestões para a elaboração de normas relativas à Saúde e Segurança no Trabalho (SST). Ao final do processo, o governo apresenta um texto final que é submetido à consulta pública. Além da CNC, a reunião contou com representantes da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Confederação Nacional dos Transportes (CNT), do Departamento Nacional do Sesi, Petrobras, Raizen e Usiminas. 

“Há muito a ser discutido e analisado, principalmente quanto a estudos realizados no exterior, o que deixa claro a impossibilidade do término do trabalho do GET ainda neste ano”, explica Luis Mamari, assessor especial da Gerência de Saúde da CNC. Segundo ele, a bancada pretende se aprofundar nos diversos estudos e conceitos sobre substâncias comuns em alguns ambientes ocupacionais que são consideradas carcinogênicas, além de realizar outras reuniões, com participação, se necessário, de especialistas sobre o assunto, para apresentar aos representantes do governo textos e posições alternativas.

De acordo com o Ministério do Trabalho, a estimativa do Inca para o Brasil, no biênio 2018-2019, é de 600 mil novos casos de câncer, para cada ano. Os tipos mais comuns são o câncer de pulmão, de cólon e reto, de pele, de bexiga e leucemias. 

Comments

0

Os comentários serão moderados, portanto evite o uso de palavras chulas, termos ofensivos ou comunicação vulgar. Se tiver alguma dúvida sobre o tema abordado aqui, use a nossa Área de Atendimento. Talvez a resposta já esteja lá.

Post new comment

The content of this field is kept private and will not be shown publicly.